Scientia potentia est

Conhecimento é poder.

Francis Bacon

Mestrado em Direito: E-book GRÁTIS ensina estratégias que aumentam suas chances de aprovação no processo seletivo

Inscreva-se, receba e-mails com todas as nossas novidades e um e-book com estratégias incríveis para sua aprovação no mestrado.

NOVIDADES ACADÊMICAS

Faça parte de nossa comunidade. Receba em seu e-mail nossos artigos e vídeos, com estratégias úteis para aumentar sua produtividade, desenvolver competências acadêmicas e auxiliar você a alcançar seus objetivos. 

© 2018 Todos os direitos reservados.

NOVIDADES ACADÊMICAS

Faça parte de nossa comunidade. Receba em seu e-mail nossos artigos e vídeos, com estratégias úteis para aumentar sua produtividade, desenvolver competências acadêmicas e auxiliar você a alcançar seus objetivos. 

© 2018 Todos os direitos reservados.

Currículo Lattes

Currículo Lattes: como elaborar o seu na Plataforma Lattes?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

O Currículo Lattes é essencial para qualquer um que deseja seguir carreira acadêmica no país. No mundo profissional, é preciso apresentar no currículo vitae sua experiência a um potencial empregador. É por meio dele que o entrevistador conhecerá mais sua carreira profissional a fim de verificar a compatibilidade com a empresa. Já no meio acadêmico, o Currículo Lattes também tem a função de apresentar quem você é, mas para o público acadêmico. Por isso, é importantíssimo compreender como funciona a Plataforma Lattes.

Usar a Plataforma Lattes só parece complicado.

Pra quem tem menos experiência, fazer Currículo Lattes pode ser um desafio. Mas a plataforma Lattes, onde os currículos são elaborados, armazenados e pesquisados, tem sido sempre desenvolvida e aperfeiçoada. Há muitos anos – quando, por exemplo, cadastrei a primeira versão meu Currículo Lattes, lá no fim dos anos 1990 -, era realmente complicado. O sistema travava e não era nada intuitivo. Eram muitas as dificuldades para  estudantes e professores.

Apesar de o sistema estar mais desenvolvido, muitos usuários consideram difícil usá-lo. Pesquisadores iniciantes, especialmente, enfrentam dificuldades para cadastrar seu Currículo Lattes. Mas não se preocupe! Explicarei tudo o que você precisa saber para elaborar um Currículo Lattes adequadamente.

O que é a plataforma Lattes?

Antes de o CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) criar a Plataforma Lattes, era complicado manter uma base de dados com os currículos dos pesquisadores brasileiros. E era algo necessário. O financiamento de pesquisas científicas, a concessão de bolsas e a própria organização do sistema de planejamento e gestão das pesquisas depende do registro adequado das atividades dos pesquisadores.

Períodos anteriores ao Currículo Lattes

Entre 1993 e 1999, ao CNPq utilizava formulários em papel para credenciar pesquisadores, bem como um sistema em DOS (pra quem lembra… ) e um outro sistema para credenciar orientadores (Minicurrículo). Mas ainda era um sistema tímido. Era incapaz de se integrar a outros sistemas e tinha funcionalidades limitadas. Não permitia, por exemplo, o credenciamento de co-autores de pesquisa.

Em 1998, o CNPq passou a implementar um sistema novo, apto a estabelecer um inovador modelo de currículo acadêmico capaz de atender às exigências de pesquisadores e das operações de fomento, planejamento e gestão da pesquisa científica. O CESAR (Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (UFPE) e o Grupo Stela (UFSC) desenvolveram um novo formulário eletrônico. Nesse novo protótipo, denominado CV-Genos, havia relatórios novos e indicadores de produção, entre outras funcionalidades.

A criação da Plataforma Lattes

Em 1999, o CNPq e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) ajustaram a compatibilização do novo sistema com o banco de dados de pós-graduação. Como resultado, consolidou-se o modelo curricular atual, denominado Currículo Lattes. O nome do sistema foi escolhido em homenagem ao físico César Lattes, que trabalhou na equipe que, liderada por Cecil Frank Powell, descobriu da partícula méson pi. Powell recebeu, em razão da descoberta, o Prêmio Nobel de Física de 1950.

A Plataforma Lattes foi tão bem sucedida que logo passou a ser exigida em praticamente qualquer atividade acadêmica. O número de pesquisadores, mestres e doutores cadastrados no sistema logo saltou. Mais que um mero sistema de cadastro e atualização curricular, é importante destacar que a Plataforma Lattes é uma importante base de dados sobre a ciência brasileira. Graças ao sistema, é possível obter valiosas informações, necessárias à compreensão do desenvolvimento da ciência e da tecnologia no país.

Como Fazer o Currículo Lattes

Cadastrar-se na Plataforma Lattes não é difícil. Na verdade, é tão fácil, hoje em dia, quanto criar um cadastro em qualquer sistema. Basta digitar seus dados pessoais, profissionais e acadêmicos e… pronto! Você já está com seu Currículo Lattes registrado.

Criar o Currículo Lattes é bem fácil. De início, é importante ter em mão todos os documentos relacionados a sua vida acadêmica e profissional. Como o Currículo Lattes contém todos esses dados, reúna seus diplomas relacionados ao ensino formal e certificados de cursos adicionais (como cursos especializados, idiomas, extensão, entre outros), artigos ou livros publicados, bem como sua carteira de trabalho e demais documentos relativos à experiência profissional. Esse “trabalho inicial” sua vida na plataforma Lattes.

Mas vamos ao passo a passo!

O primeiro passo é acessar a Plataforma Lattes. Uma vez no site, basta seguir as orientações. Logo no menu à direita (Acesso direto), você enxergará as opções de busca, atualização e cadastro de novos currículos. Basta clicar na opção “Cadastrar novo currículo”.

cadastrar currículo lattes

A primeira tela do sistema de cadastro exige a escolha de sua nacionalidade, seu e-mail e a definição da senha de acesso ao sistema.

Na segunda tela, são solicitados alguns dados pessoais, como seu nome, data de nascimento, número de CPF, número de passaporte, bem como nome e sobrenome de seus genitores.

Seguindo a mesma lógica, a terceira tela do sistema de cadastro do Currículo Lattes requer a digitação de dados relativos de endereço e contatos. Exige-se, assim, a identificação da instituição com a qual você mantém vínculo acadêmico, seus dados de contato (telefones) e endereço.

Formação acadêmica e profissional

Como você já deve ter percebido, o processo é um longo cadastro. Meio burocrático, mas nada difícil. A próxima tela já exige dados relativos a sua formação acadêmica. Digite os dados solicitados, que dizem respeito tanto aos cursos acadêmicos (graduação, mestrado, doutorado) concluídos quanto a aqueles que não estão concluídos. Nessa etapa, não se preocupe ainda em inserir dados relativos a cursos independenters ou publicações acadêmicas – tudo isso será efetuado na etapa de atualização do seu Currículo Lattes.

A quinta tela da plataforma para criar o Currículo Lattes alude a sua atuação profissional. Preencha os dados exigidos, relativamente a todas as instituições (profissionais ou acadêmicas) onde trabalhou, tipo de contrato, cargo exercido, país e período de atuação. Clique em “Próximo” e siga para a última etapa.

A sexta e última tela do sistema de criação do Currículo Lattes exige dados sobre sua área de atuação e sua proficiência linguística. Se você lê bem, mas não fala tão bem assim o inglês, ou arranha no espanhol, aqui é o campo onde deve ser descrita a sua competência linguística. É possível identificar sua capacidade de “se virar” nos mais diversos idiomas em relação a compreensão, leitura, fala e escrita.

Ao finalizar essa etapa, aparecerá uma tela para que você possa conferir os dados digitados. Caso eles estejam corretos, clique no campo de certificação da veracidade das informações, onde se lê “Li e estou de acordo com a declaração acima”. E clique no botão “Enviar ao CNPq”.

E pronto! Você é o mais novo cadastrado na Plataforma Lattes.

Como atualizar o Currículo Lattes

E aí você me pergunta: “ué, Fábio… e onde coloco aquelas bancas de monografia em que participei? O TCC que meu deu um trabalhão e eu apresentei com frio na barriga? Aquela pesquisa de iniciação científica que fiz no terceiro semestre da faculdade?”.

Calma! Para digitar essas informações, você deve retornar à tela inicial da Plataforma Lattes e clicar em “Atualizar currículo”.

Aparecerá, então, uma tela de login, onde você deve digitar seu CPF ou e-mail cadastrado na plataforma, bem como a senha escolhida no primeiro passo do registro.

Em seguida, aparecerá a seguinte tela:

Como você pode observar, o “print” é da tela do meu próprio Currículo Lattes.

Na barra superior da tela, há diversas guias: dados gerais, formação, atuação, projeto, produções, patentes e registros, eventos, orientações, bancas, entre outros.

Explore as guias do sistema de atualização curricular

Recomendo que você explore cada uma das opções. Nos dados relativos a Formação, é possível incluir cursos complementares, por exemplo. É aqui que você pode digitar seus cursos de idiomas, de informática ou aquele seu diploma velho de datilografia (ops…).

Outra guia relevantíssima é a que se refere à Produção. Nessa aba, você deve incluir toda a sua produção bibliográfica. Entram aqui livros, artigos publicados em revistas acadêmicas, jornais ou revistas, publicações em atas de eventos etc., sua produção técnica (assessorias, consultorias, relatórios, blogs) ou mesmo cultural (artes cênicas, músicas e produções visuais).

Na guia “Educação e popularização de C&T”, destaco a possibilidade de inclusão de artigos que, embora tenham sido aceitos por uma revista, ainda não foram de fato publicados. Aqui entram, ainda, eventuais entrevistas, cursos de curta duração, participação em mesas redondas, entre outros.

Também há lugar, no Currículo Lattes, para registrar a participação em congressos, simpósios e exposições, bem como a organização de tais seminários. Basta procurar o campo adequado na guia “Eventos”.

Também é possível registrar, em guias específicas, a orientação de trabalhos monográficos (TCC, dissertações, teses) ou a participação nas bancas de tais pesquisas.

Atualize seu Currículo Lattes sempre!

Como você já percebeu, a Plataforma Lattes é bem complexa. O próprio sistema gera uma impressão bem elegante de seu currículo (nas guias à esquerda da tela). O Currículo Lattes pode, inclusive, ser gerado em arquivo digital para impressão. Com pequenas alterações, o arquivo pode ser utilizado inclusive para entrevistas profissionais. Bem preenchido, o resultado final pode impressionar um eventual contratante.

Independentemente dessa utilização mais profissional, registro aqui a importância do sistema. A atualização de cada etapa de seu desenvolvimento acadêmico no Currículo Lattes é imprescindível para seu progresso. Quem pretende ingressar no mestrado ou no doutorado não pode abrir mão de manter o currículo o mais atualizado possível na plataforma Lattes.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp
fabio_portela

Fábio Portela
Mentor Acadêmico

Minha missão é dar suporte a bacharéis em Direito que desejam consolidar sua formação no meio acadêmico cursando o Mestrado e, mais tarde, o Doutorado.

Nossos últimos posts